Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Britney diz que ‘chorou por duas semanas’ após ver documentário sobre sua vida

A cantora Britney Spears diz que se debulhou em lágrimas por causado documentário ‘Framing Britney Spears’, que mostra a conflituosa relação com o seu pai, Jamie Spears, e sua vida como superestrela do pop.   

O longa foi produzido pelo New York Times e lançado em fevereiro. Em resposta ao filme, Spears publicou na noite de terça-feira (30) em sua conta  no Instagram “chorou por duas semanas” após a transmissão.

“Minha vida sempre foi muito especulada, assistida e julgada!”, escreveu na postagem que tinha um vídeo dela dançando a música‘Crazy’, do Aerosmith, em sua casa. “Fui exposta durante toda a minha vida (…) É preciso muita força para CONFIAR no universo, porque sempre fui tão julgada, insultada e ridicularizada pela mídia. E ainda sou até hoje! Enquanto o mundo continua girando, a vida continua”, escreveu em sua conta que tem mais de 29 milhões de seguidores. 

De acordo com a publicação da cantora de 39 anos, ela não assistiu ao documentário na íntegra, mas ficou “envergonhada” com a forma que foi retratada. “Não assisti todo o documentário, mas pelo que vi fiquei constrangida da forma como me retratara… Chorei por duas semanas e, bom, ainda choro às vezes”, escreveu. Samantha Stark, diretora do documentário, disse ao Entertainment Tonight no mês passado que sua   equipe “tentou   de   tudo” para garantir uma entrevista com Spears, mas não conseguiram. 

Depois de falar sobre o documentário, Spears escreveu: “Faço o que posso com minha espiritualidade, comigo mesma para tentar manteralegria, amor e felicidade. Dançar todo   dia me traz alegria”. E finalizou: “Não estou aqui para ser perfeita, ser perfeita é chato, estou aqui para ser gentil”. 

Os representantes de Spears para comentarem o caso, mas ainda não tivemos resposta. A cantora está sujeita a uma tutela judicial desde 2008, após uma série de questões pessoais se tornarem públicas. Em novembro do ano passado, seu advogado, Samuel D. Ingham III, pediu a um juiz de Los Angeles que removesse permanentemente Spears do papel de tutor, alegando que a cantora não voltaria ao palco enquanto ele continuasse como seu responsável. 

Os advogados de Spears solicitam que Jodi Montgomery, sua tutora temporária nomeada em 2019, ocupe o lugar do pai.

Via-CNN

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas