Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Bocalom comemora PL que destina R$ 2,4 milhões em troca de redução de passagem

_________________Publicidade_________________

Em um vídeo divulgado nas redes sociais nesta quinta-feira, 7, ao lado da senadora Mailza Gomes (Progressistas) o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, comemorou a aprovação pela Câmara de Vereadores de Rio Branco, o Projeto de Lei que autoriza a prefeitura a subsidiar as gratuidades do sistema de transporte coletivo em troca de R$ 2,4 milhões.

Bocalom se encontra em agenda com diversos parlamentares em Brasília (DF). O PL aprovado nesta quinta, 7, pelos vereadores autoriza a prefeitura a repassar às empresas que operam o sistema, o montante de R$ 2,4 milhões, para que elas possam sanar débitos trabalhistas com seus funcionários.

Com essa decisão da Casa Legislativa e a aprovação do Conselho Municipal de Transportes, ocorrida no mês de setembro, a atual gestão municipal poderá reduzir, de R$ 4,00 para R$ 3,50, nos próximos dias, o valor da tarifa de ônibus na cidade, beneficiando o usuário do sistema.

“Há muito tempo eu já dizia que tinha uma caixa-preta para a gente abrir e que nós tínhamos que resolver o problema do transporte coletivo de Rio Branco. Hoje, para nossa felicidade, conseguimos aprovar na Câmara Municipal o primeiro projeto de lei onde a gente já vai conseguir reduzir o valor da passagem, dentro de poucos dias, de R$ 4,00, para R$3,50”, enfatizou Bocalom.

“Quando que alguém falou em redução do preço da passagem? Acho que nunca. Mas nós sempre falamos. O preço da passagem de ônibus é muito caro, temos que baixar isso daí. E esse projeto de lei que a Câmara aprovou hoje já dá o primeiro pontapé para a gente começar a pensar na redução de passagem”, acrescentou o gestor.

Bocalom lembrou que as chamadas gratuidades eram bancadas pelas pessoas que pagavam a tarifa e explicou como será a partir de agora. “O que a gente vai fazer é comprar as chamadas gratuidades, a que muitas pessoas têm direito, que somam um valor grande todos os meses, que quem pagava era o usuário. O governo não pagava e a prefeitura não pagava”, salientou.

A senadora Mailza Gomes (Progressistas) lembrou que a redução do preço da passagem do transporte coletivo sempre foi um sonho de Tião Bocalom e da população de Rio Branco.

“Quero lhe parabenizar por esse projeto, que é um sonho antigo do senhor e, porque não dizer, da população que precisa do transporte público, que vai agradecer muito por essa redução”, concluiu a parlamentar.

Via – Ac 24 Horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas