Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Bilionário da moda, Bernard Arnault se torna o homem mais rico do mundo

Dono do conglomerado LVMH, que inclui marcas como Louis Vuitton, Dom Pérignon e Tag Heuer, é o primeiro europeu a ocupar a posição desde 2015

_________________Publicidade_________________

O  bilionário Bernard Arnault superou o sul-africano Elon Musk e até mesmo Jeff Bezos, fundador da Amazon, nesta segunda-feira (24), chegando ao primeiro lugar no pódio dos super ricos. Sua fortuna estimada é de US$186,3 bilhões, segundo reporta a revista Forbes. Em segundo lugar – novamente de acordo com a publicação – está Bezos, com US$ 186 e em terceiro, Musk, avaliado em US$ 147,3. 

bilionário Bernard Arnault superou o sul-africano Elon Musk e até mesmo Jeff Bezos, fundador da Amazon, nesta segunda-feira (24), chegando ao primeiro lugar no pódio dos super ricos. Sua fortuna estimada é de US$186,3 bilhões, segundo reporta a revista Forbes. Em segundo lugar – novamente de acordo com a publicação – está Bezos, com US$ 186 e em terceiro, Musk, avaliado em US$ 147,3. 

A subida para o primeiro lugar se deve a uma alta nas ações do conglomerado Louis Vuitton Moet (LVMH), do qual Arnault é diretor criativo e que reúne marcas tais quais Fendi,  Louis Vuitton, Tag Heuer e Dom Pérignon. O grupo, considerado o maior do mercado de luxo, viu valor dos papeis subirem 0,4% nas primeiras horas de pregão desta segunda, o que coloca o valor de mercado da LVMH em US$ 320 bilhões. Com isso, a participação do bilionário no conglomerado sobe para mais de US$ 600 milhões.

Bernard Arnault já havia  entrado para o clube os centibilionários (aqueles cujas riquezas ultrapassam os 100 bilhões de dólares) em 2019, mas os resultados da LVMH, catapultados pelo retorno dos consumidores chineses às lojas mais para o fim de 2020, significaram uma nova leva de ganhos para o empresário francês. Para se ter uma ideia, em março de 2020, seu patrimônio era calculado em US$ 76 bilhões (em queda num comparativo com o ano passado). Mas corta para este mês, e ela supera o patamar US$ 186 bi.

A presença de Bernard é incomum não só por representar um mercado menos ‘techie’ do que seus rivais de pódio. Também é a primeira vez que um bilionário europeu ocupa a primeira posição do ranking da Forbes desde outubro de 2015, quando o espanhol Amancio Ortega, fundador da Inditex (grupo conhecido pela marca Zara) superou a fortuna do ex-Microsoft Bill Gates. Na época, e em valores nominais, o patrimônio de Ortega havia chegado aos 80 bilhões de dólares. Uma queda em termos decimais do valor da ação da Inditex (de 33,99 a 33,80 euros no decorrer do pregão) fez com que Gates retomasse a posição no mesmo dia.  

Bernard Arnault começou sua trajetória com a moda em 1984 ao adquirir o grupo francês Financière Agache (que controlava a marca Christian Dior e a rede de supermercados Le Bon Marché) por 15 milhões de dólares. O dinheiro fazia parte da fortuna construída junto do pai, um bem sucedido empresário no ramo da manufatura que havia encontrado sucesso também no ramo imobiliário com a ajuda do filho.

via-GQ

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas