30 de junho de 2022   |   13:55  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Avião com 22 pessoas a bordo desaparece no Nepal

As autoridades locais suspenderam as buscas por causa do mau tempo na região. As buscas serão retomadas na segunda-feira (30).

_________________Publicidade_________________

Um avião operado por uma companhia aérea privada no Nepal desapareceu neste domingo (29) com 22 pessoas a bordo. Autoridades disseram que o mau tempo está impedindo que helicópteros de busca voassem para a área do último local conhecido do voo.

O avião da Tara Air decolou da cidade turística de Pokhara, a cerca de 125 km a oeste da capital, Katmandu, para Jomsom, cerca de 80 km a noroeste, disseram as autoridades.

O site de rastreamento de voos Flightradar24 disse que a aeronave De Havilland Canada DHC-6-300 Twin Otter desaparecida com o número de registro 9N-AET fez seu primeiro voo em abril de 1979.

“Um helicóptero de busca retornou a Jomsom devido ao mau tempo sem localizar o avião”, disse a Autoridade de Aviação Civil do Nepal em comunicado.

“Os helicópteros estão prontos para decolar em busca de Katmandu, Pokhara e Jomsom assim que as condições climáticas melhorarem. Equipes de busca do Exército e da polícia partiram para o local”.

A companhia aérea disse que o avião transportava quatro indianos, dois alemães e 16 nepaleses, incluindo três tripulantes. Sete dos passageiros eram mulheres, disse.

O avião perdeu contato com a torre de controle cinco minutos antes do pouso previsto em Jomsom, um popular local turístico e de peregrinação, disse um funcionário da companhia aérea sob condição de anonimato.

O escritório meteorológico do país disse que há uma espessa cobertura de nuvens na área de Pokhara-Jomson desde a manhã.

Um oficial de polícia disse que uma equipe de resgate e busca foi enviada para a área perto do Monte Dhaulagiri, o sétimo pico mais alto do mundo, com 8.167 m.

O Nepal, lar de oito das 14 montanhas mais altas do mundo, incluindo o Everest, tem um recorde de acidentes aéreos. Seu clima pode mudar repentinamente e as pistas de pouso são normalmente localizadas em áreas montanhosas de difícil acesso.

No início de 2018, um voo da US-Bangla Airlines de Dhaka para Katmandu caiu no pouso e pegou fogo, matando 51 das 71 pessoas a bordo.

Em 1992, todas as 167 pessoas a bordo de um avião PIAa.PSX da Pakistan International Airlines morreram quando a aeronave caiu em uma colina enquanto tentava pousar em Katmandu

Via CNN Brasil

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS

AS ÚLTIMAS

top 10 mais lidas