Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Auxílio Emergencial veja quem deve receber dia 4, 5 ou 16 de abril

_________________Publicidade_________________

O auxílio emergencial conta com regras mais apertadas para este ano.

O presidente da república, Jair Bolsonaro, divulgou em sua live semanal desta quinta-feira (25) que os novos pagamentos do auxílio emergencial com valores entre R$ 150, R$ 250 e R$ 375 dependendo da composição familiar começam no próximo dia 4 ou 5 de abril.

Vale lembrar que dia 4 ou 5 de abril é destinado para os beneficiários que se cadastraram por meio de aplicativo, site e inscritos no CadÚnico que não recebem o Bolsa Família. O calendário deve funcionar como no ano passado, sendo liberado de forma escalonada, com ordem do mês de nascimento, logo, os primeiros beneficiados serão os dos primeiros meses do ano.

Para o Bolsa Família o calendário segue o cronograma normal do programa social, onde o benefício é pago nos 10 últimos dias úteis do mês e é definido conforme o Número de Identificação Social (NIS).

“O auxílio emergencial começa no início da semana que vem (sic), dia 4 ou 5 [de abril]. São mais quatro parcelas do auxílio emergencial, que já é o maior programa social do mundo, para atender exatamente aqueles que foram atingidos pela política do ‘fique em casa’, ‘feche tudo’”, disse o presidente. Os dias 4 e 5 caem no domingo e segunda-feira.

O auxílio emergencial conta com regras mais apertadas para este ano, além disso o número de beneficiários que chegou a 68 milhões durante o pagamento das parcelas de R$ 600, foi reduzido para 45,6 milhões.

Um dos principais motivos que fez com que o governo viabilizasse quatro parcelas com os respectivos valores já mencionados está relacionado a PEC Emergencial que viabilizou um orçamento de R$ 44 bilhões fora do teto de gastos para custear o benefício em 2021.

Durante pronunciamento em sua livre, o presidente Bolsonaro disse que o governo federal manteve a economia viva, mesmo diante de um cenário tão complexo quanto da pandemia da covid-19.

“O governo federal manteve viva a economia no ano passado e, mais ainda, fez com que o país, assim como o mundo todo estava previsto ter um PIB negativo, com exceção da China, os demais países tiveram PIB negativo. E o Brasil foi o quarto que menos decreceu. Então, invariavelmente fruto de várias políticas do governo voltada para o emprego”, completou.

Como saber se vou receber?

A consulta com os novos aprovados para receber o auxílio emergencial em 2021 estará disponíveis à partir da próxima quinta-feira, 1º de abril. A plataforma utilizada para consulta será o Portal de Consultas da Dataprev.

A Dataprev é a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência e é uma empresa pública brasileira, vinculada ao Ministério da Economia que é responsável pela análise do banco de dados de beneficiários do auxílio emergencial, sendo ela a responsável por determinar quem estará apto e quem não deve receber a nova rodada de pagamentos do benefício.

O processo para consultar é simples:

Primeiro, acesse o Portal de Consultas da Dataprev

Preencha seu CPF

Nome completo

Nome da mãe (em caso de mãe desconhecida basta selecionar a opção “mãe desconhecida”)

Preencha sua data de nascimento.

Via-jornal Contábil

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas