29 de junho de 2022   |   07:49  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Aumenta busca de trabalho por jovens em Cruzeiro do Sul; confira dicas

Em supermercados, dezenas de currículos chegam mensalmente, sendo a maioria de pessoas entre 18 e 25 anos. Com frequência, o setor de recursos humanos faz um serviço de triagem visando encaixar os novos contratados em funções específicas.

_________________Publicidade_________________

Redação Juruá Online

Na realidade atual, a vida de quem tenta ter o seu primeiro emprego não é muito fácil, especialmente para a turma jovem. Vitor Manuel por exemplo, tem 19 anos, faz faculdade e é de uma família do interior de Cruzeiro do Sul, Vila Liberdade. No município, ele mora com um irmão e ambos são mantidos pela família. A necessidade de trabalhar a cada dia se apresenta com mais intensidade.

“Está bem complicada a situação de emprego, principalmente pra nós jovens. Nasci no interior, sempre fui uma pessoa que trabalhou na agricultura, mas, nos últimos anos me mudei para cidade, pra buscar uma vida melhor. Então, terminei o ensino médio e atualmente estou fazendo a faculdade de Segurança Pública. Eu me vejo como uma pessoa bem qualificada, mesmo assim, a gente não está achando oportunidade. Isso não é só no meu caso, porque os meus amigos também, a maioria, busca empregos, mas a gente não ver abertura para os jovens, principalmente os que estudam”, declarou Vitor Manuel, estudante.

Vitor Manuel, estudante de Segurança Pública. Arquivo: Juruá Notícias

Ítalo Eduardo também tem os mesmos objetivos. Ele tem 20 anos e reside no Bairro São José, com a sua avó, e concluiu o ensino Médio recentemente.

“Eu me formei no ensino médio e desde esse momento estou em busca de trabalhar, porque é uma coisa que é necessária para o currículo também, experiência de emprego. Mas não é uma oportunidade que está vindo tão fácil”, explicou Ítalo Eduardo.

Ítalo Eduardo, jovem. Arquivo: Juruá Notícias

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desocupação entre os jovens, de 18 a 24 anos, atingiu 30,8% no país no quarto trimestre de 2021.

Em supermercados, dezenas de currículos chegam mensalmente, sendo a maioria de pessoas entre 18 e 25 anos. Com frequência, o setor de recursos humanos faz um serviço de triagem visando encaixar os novos contratados em funções específicas.

“Aproximadamente três pessoas por dia estão deixando currículos. Tem muitos jovens que estão chegando, estudando, se qualificando, nos procurando”, pontuou Jeferson Dias, Gerente de supermercado.

Jeferson Dias, Gerente de supermercado. Arquivo: Juruá Notícias

A administradora Ileci Bezerra atua em Cruzeiro do Sul, com uma empresa de consultoria à empreendimentos locais, inclusive, conta com um banco de talentos com mais de mil pessoas que já enviaram seus currículos em busca de uma oportunidade. Segundo ela, ao procurar um trabalho, o interessado tem algumas regras fundamentais a cumprir.

“Alguns candidatos que buscam emprego, já vão direto à empresa, entregar currículos. É uma coisa que eu converso sempre com os empresários, vejo falarem da postura do profissional. Então, às vezes a pessoa vai entregar o currículo, e só entrega, não se apresenta direito, não conversa, não se mostra. Para que o empresário veja que aquela pessoa tenha um potencial para trabalhar naquela empresa, (…) a forma de se vestir, a linguagem, a postura corporal, então, tudo influencia (…). A minha sugestão é que essas pessoas tenham um nicho a trabalhar; qual área tenha mais afinidade, procurar essas empresas, visitar, conhecer essas empresas, não só chegar e entregar o currículo”, explicou Ileci Bezerra, administradora.

Ileci Bezerra, administradora. Arquivo: Juruá Notícias

Reportagem por Alexandre Gomes . Imagens: José Maria

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS

AS ÚLTIMAS

top 10 mais lidas