11 de agosto de 2022   |   22:57  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Audiência Pública irá discutir estratégias de combate ao feminicídio no Acre

Deputados estaduais e autoridades se reúnem, na quarta-feira, 8, a partir das 8h, em Audiência Pública na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) para discutir estratégias de combate ao feminicidio no Acre.

_________________Publicidade_________________

Deputados estaduais e autoridades se reúnem, na quarta-feira, 8, a partir das 8h, em Audiência Pública na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) para discutir estratégias de combate ao feminicidio no Acre.

A audiência foi solicitada pelo Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (Cedim) e pela Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Acre (OAB/AC).

“A intenção é tentar ao menos um plano emergencial até que o Plano Estadual seja finalmente aprovado, eis que está vencido desde 2019. Outra situação aflitiva é a ausência de atendimento especializado 24 horas, pois a DEAM só está funcionando em dias de semana, das 8h às 18h, sendo que esses crimes geralmente acontecem à noite e aos finais de semana”, destacou Tatiana Karla, presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB/AC.

Acre possui uma das maiores taxas de feminicídios do país

Tatiana ponderou que o Acre está em uma crescente nos casos de assassinatos contra mulheres nos últimos três anos, se mantendo, inclusive, acima da média nacional. “Também estamos preocupadas com a falta de uma secretaria própria, entre outras ausências de políticas públicas específicas e que, em nosso entendimento, culminaram neste aumento dos números de mortes e de violência contra a mulher”, completou.

Com informações da Ascom/OAB/AC 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS