Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Até dezembro mais de 300 policiais devem ir para a reserva remunerada, diz comandante

_________________Publicidade_________________

Mais de 150 vagas também ficarão em vacância no Corpo de Bombeiros até o fim do ano

O comandante da Polícia Militar do Acre, coronel Paulo César Silva, disse em audiência pública convocada pela Comissão de Serviço Público, a pedido do deputado Edvaldo Magalhães, que até dezembro mais de 300 policiais devem ir para a reserva remunerada. O que significa dizer que os cargos ficaram vagos para novas convocações. A audiência discute o chamamento de integrantes do cadastro de reserva do último concurso da corporação.

“O nosso efetivo está bem aquém do previsto. Nós temos um efetivo previsto de 4.600 policias e temos hoje na ativa em torno de 2.300. A nossa defasagem está em torno de 50% do que deveria ser (…). Se perguntar pra Polícia Militar se chamaríamos todos do cadastro de reserva para fazer o curso, seria o ideal. A nossa necessidade até abril de 2022, conseguiríamos tudo. Mas, em decorrência da legislação a gente só poderíamos chamar esse número de 199 candidatos. Até o final do ano a gente está prevendo uns 200 a 300 policiais. Muitos estão indo para a reserva. Muitos esperam as promoções de agosto e dezembro. O nosso cálculo é de mais de 300, fora os que já saíram. Isso além dos 200 já chamados”, destacou.

A situação do Corpo de Bombeiros também não é boa. De acordo com o coronel Carlos Batista, comandante do CBMAC, os cargos em vacância até dezembro serão de 150. “Essa minuta de projeto se encontra na PGE. A perspectivas de vagas a serem repostas no Bombeiros é de 130 hoje e 150 até o final do ano”.

Via – Notícias da Hora

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas