Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Araçatuba: ciclista que teve pés amputados em ataque a bancos não viu bomba: ‘Só passou perto e explodiu’, diz irmão

Jovem de 25 anos foi atingido por explosivo, socorrido e encaminhado à Santa Casa; ataque deixou três mortos na cidade.

_________________Publicidade_________________

O irmão do ciclista que teve os dois pés amputados após se aproximar de um explosivo deixado pela quadrilha que atacou agências bancárias de Araçatuba (SP) diz que a vítima não mexeu no artefato.

Segundo a Santa Casa, Clayton Soares Teixeira, de 25 anos, foi socorrido e encaminhado para a unidade após a explosão. Ele teve ferimentos nas mãos e passou por cirurgia para correção das áreas atingidas pela amputação dos pés.

Morador de Araçatuba foi atingido por explosivo deixado pro criminosos que atacaram bancos na cidade — Foto: Arquivo Pessoal

Morador de Araçatuba foi atingido por explosivo deixado pro criminosos que atacaram bancos na cidade — Foto: Arquivo Pessoal

“Ele falou que passou normalmente na via pública, viu um clarão e logo estava no chão, querendo levantar. Ele olhou para as pernas e mãos, entrou em desespero e disse para ligarem para minha irmã, disse para não o deixarem morrer”, conta Kleber Alberes Soares Teixeira, irmão da vítima.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra Clayton ferido após a explosão. Ele relatou para Kleber que, de imediato, não entendeu o que aconteceu e achou que tinha apenas quebrado as pernas.

A família ficou traumatizada e abalada diante da situação, mas acredita que esta é uma nova vida para ele, que se recupera dos ferimentos no hospital.

Bomba abandonada por criminosos que atacaram bancos em Araçatuba — Foto: Gate PM SP/Divulgação

Bomba abandonada por criminosos que atacaram bancos em Araçatuba — Foto: Gate PM SP/Divulgação

“A todo momento ele está em desespero, pensando que não vai andar, trabalhar, que não tem como ajudar a mãe. Ele tem que erguer a mão para o céu, porque Deus deu um novo recomeço de vida. Muitos perderam a vida nessa tragédia.”

A situação fez com que o jovem ganhasse uma cadeira de rodas e comovesse moradores de Araçatuba, que fazem arrecadações para ajuda-lo.

Clayton foi um dos cinco feridos no ataque que também deixou três mortos na cidade. Até a manhã desta quinta-feira (2), cinco suspeitos foram presos.

Por G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas