18 de maio de 2022   |   14:14  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Aprovação de Lula cai nas redes sociais após comentário sobre policiais

Petista pediu desculpas a categoria após dizer que Jair Bolsonaro (PL) "não gosta de gente, gosta de policial"

_________________Publicidade_________________

Nem o pedido de desculpas foi capaz de evitar que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) reduzisse a sua aceitação nas redes sociais, após o comentário sobre policiais, no domingo (1º), quando disse que o presidente Jair Bolsonaro (PL) “não gosta de gente, gosta de policial”.

De acordo com dados levantados pela agência de análise de dados e mídias, .MAP, e divulgados nesta quinta-feira (5) pelo colunista Lauro Jardim, no Jornal O GLOBO, a aprovação do petista caiu 58% na semana passada, para 34% nesta semana.

Ainda de acordo com a pesquisa feita com base em 1,4 milhão de posts no Facebook e Twitter, compartilhados entre 27 de abril e 3 de maio, Bolsonaro chegou a 55% de apoio, puxado pelos desdobramentos do caso Daniel Silveira e a convocação para os atos do 1º de maio, que alimentaram o ativismo de direita nas redes. Já a presença do presidente nas postagens chegou a 33%, uma queda de 7 pontos percentuais na comparação com a semana anterior.

Quando analisados os posts de opinião não militante — nem à direita e nem à esquerda —, a aprovação de Lula chega a 44,2% das publicações, enquanto o apoio a Bolsonaro aparece em apenas 8,7%.

Aliados do presidente esperam, no entanto, que este cenário mude nos próximos dias, após o mesmo aparecer na capa da Time. “O presidente mais popular do Brasil retorna do exílio político com a promessa de salvar a nação”, diz o título da matéria na revista americana.

Com informações Bahia.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS

AS ÚLTIMAS

top 10 mais lidas