Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Após revogação de decreto, casamentos, aniversários e outros eventos sociais são liberados no Acre

Eventos devem seguir os protocolos sanitários para evitar a contaminação pelo coronavírus e com capacidade de 50%.

_________________Publicidade_________________

O governo do Acre segue com mudanças em decretos que restringia a circulação de pessoas, atendimentos e suspendia eventos sociais. Nessa sexta-feira (30), foi alterado o decreto nº 9.706, que restringia a realização de casamentos, aniversários e outro eventos em igrejas, cerimoniais, restaurantes e buffets.

Contudo, segue a limitação da capacidade, sendo permitido apenas 50% e todos os protocolos sanitários para evitar a contaminação pelo novo coronavírus devem ser seguidos.

Também na sexta, o governo suspendeu o trabalho remoto dos servidores públicos do estado e a restrição que permitia o funcionamento de bares e restaurantes somente até a 0h.

As revogações foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE).

Outro ponto destacado no decreto é que esses eventos devem ser feitos no horário de funcionamento dos estabelecimentos, conforme está estabelecido no alvará de funcionamento.

Atualmente todas a regionais do Acre estão classificadas na faixa amarela, que é de atenção, segundo avaliação Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 divulgado no último dia 23, por meio de uma nota técnica.

Nesse sábado (31), mais 13 novos casos de infecção por coronavírus e mais uma morte pela doença foram confirmados no boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Acre. O número de infectados pela Covid-19 chegou a 87.141 e o de mortes subiu para 1.799.

O estado tem 37 pacientes internados nos hospitais de referência, dos quais 31 com teste positivo para a Covid-19.

Como funciona a fase amarela

Na fase amarela podem funcionar os seguintes estabelecimentos: Restaurantes, bares, pizzarias, sorveterias e outros estabelecimentos similares. Além de teatros, cinemas e apresentações culturais, como também evento religiosos com 50% da capacidade.

Lojas de móveis, eletrodomésticos, eletrônicos, comunicação, informática, áudio, vídeo e colchoarias podem continuar funcionando com todos os protocolos sanitários e aumentando a capacidade limitada de 50%, além de delivery e drive-thru.

O aumento da capacidade também é válido para lojas de materiais de construção, empresas e obras do ramo da construção civil e demais estabelecimentos como olaria, cerâmicas, serraria, marcenarias e marmorarias.

Feiras livres, comércios de rua, ambulantes e outros também seguem abertos seguindo as orientações de segurança. Para hotéis, shoppings, salões de beleza e motéis a capacidade de funcionamento é a mesma.

Por G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas