Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Após retornar das férias, Paulo Cézar decide não comentar polêmica com Comando da PM

Em solenidade realizada na sede do Corpo de Bombeiros em Rio Branco nesta terça-feira (27), o secretário de segurança pública, coronel Paulo Cézar Santos, fez a sua primeira aparição pública após as declarações sobre a existência de um ‘vitimismo’ dentro da Polícia Militar, criticando inclusive, oficiais da corporação.

Na ocasião, o coronel Paulo Cézar e o comandante da Polícia Militar, Paulo César Gomes da Silva, mantiveram certa distância, porém com os protocolos de praxe.

A reportagem tentou ouvir o secretário e o comandante da PM, mas ambos foram categóricos em afirmar que não falariam do assunto, mostrando que o impasse ainda não foi resolvido.

Relembre o caso

Além de citar o vitimismo aos oficiais da Polícia Militar, Cézar disse que os militares mal tinha maturidade profissional. Em resposta, na época, a Associação dos Oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre repudiou por meio de nota as declarações do secretário de Segurança, Paulo Cézar, que vazaram no WhatsApp se referindo aos oficiais da Polícia Militar como “pessoas de capital intelectual fragilizado e desprovidos de inteligência emocional”.

O comando da corporação também se posicionou contra o coronel e exaltou que sempre incentivou o trabalho em cooperação com as demais instituições de segurança pública e que não aceita qualquer tipo de declaração ofensiva que coloque em dúvida a capacidade intelectual e emocional do efeito e de seus oficiais.

Ac 24 Horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas