14 de agosto de 2022   |   10:30  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Após denúncia, MP pede que Iapen disponibilize mais viaturas para monitoramento eletrônico no Acre

Denúncia de servidores afirma que as duas viaturas disponíveis para o serviço estavam quebradas. Iapen-AC confirmou problema, mas garantiu que há viaturas descaracterizadas disponíveis para atendimento e que viaturas quebradas já devem voltar a operar.

_________________Publicidade_________________

Uma denúncia de policiais penais fez com que o Ministério Público do Acre (MP-AC) encaminhasse um pedido ao presidente do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen-AC) para que fossem providenciadas mais viaturas para o monitoramento eletrônico.

Os servidores denunciaram que há dois veículos disponíveis para esse tipo de serviços, mas que ambos estavam quebrados. Um dos veículos estava indisponível há mais de três semanas.

Nessa segunda-feira (30), o promotor Talles Tranin, da 14ª Promotoria de Justiça do MP-AC, fez o pedido também para a direção do monitoramento eletrônico.

“Ocasionando alguns problemas que tenho falado. São essas viaturas que vão até as vítimas da Maria da Penha, quando apertam o Botão da Vida, que colocam as pulseiras [tornozeleiras eletrônicas] nos reeducandos do semiaberto, quando eles rompem esse equipamento os policiais têm que recolher porque é um bem público e é caro”, destacou Tranin.

O diretor- presidente do Iapen, Glauber Feitoza, confirmou que, no último domingo (29) houve um problema com o monitoramento que estava sem uma das viaturas para fiscalização. Contudo, ele afirmou que, nessas ocasiões de emergência, há viaturas descaracterizadas para atendimento.

“Inclusive, estava à disposição. No presente momento já restabeleceu o serviço, a transcorrer com as fiscalizações normalmente. Das duas viaturas, uma já retornou e a segunda com previsão para essa semana está operando junto à nossa frota e reforçando a fiscalização do semiaberto”, pontuou.

Mais de 2 mil reeducandos fiscalizados

Nessa terça (31), o Iapen-AC divulgou que fez cerca de 8 mil visitas e atendimentos referentes ao monitoramento eletrônico entre janeiro e abril deste ano. Mais de 2 mil reeducandos são fiscalizados e acompanhados diariamente pelas equipes de monitoramento.

Iapen-AC monitora pelo menos 2.272 reeducandos  — Foto: Neto Lucena/Secom

Iapen-AC monitora pelo menos 2.272 reeducandos — Foto: Neto Lucena/Secom

Além desse tipo de serviço, as equipes também atendem chamados do Botão da Vida, ferramenta usada para prevenir e combater a violência contra as mulheres. A vítima de violência recebe um aparelho que pode ser acionado e avisar quando o agressor está próximo.

Ao ser acionada, a central de notificações da Polícia Penal envia uma equipe para apurar a situação.

G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS