30 de junho de 2022   |   14:00  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Após denúncia de peculato, Secretário Adjunto de Agricultura é conduzido pela PF em Cruzeiro do Sul; Prefeitura se posiciona em nota

O secretário foi conduzido pelos agentes à Delegacia de Polícia Federal de Cruzeiro do Sul, após abastecer 40 litros de combustível em veículo de uso particular.

_________________Publicidade_________________

Redação Juruá Online

Na manhã de sexta-feira (9) o Secretário-Adjunto de Agricultura de Cruzeiro do Sul, Rodrigo Silva, foi conduzido pela Polícia Federal (PF) logo após denuncia de uso indevido de combustível.

Segundo assessoria de comunicação da PF, a denúncia foi recebida na delegacia e constatada no posto de abastecimento localizado no bairro aeroporto velho.

O secretário foi conduzido pelos agentes à Delegacia de Polícia Federal de Cruzeiro do Sul, após abastecer 40 litros de combustível em veículo de uso particular.

A Assessoria de comunicação da prefeitura, em nota de esclarecimento, informou que alguns veículos da Secretaria de Agricultura estão em manutenção, de modo que o referido servidor teria decidido abastecer o próprio veículo, com 40 litros de diesel, no intuito de cumprir assim sua agenda de trabalho na zona rural.

A prefeitura de Cruzeiro do Sul informou ainda, que até o momento não foi comunicada oficialmente sobre qualquer procedimento da PF, e que tomou conhecimento dos fatos pela imprensa.

“A prefeitura se coloca à disposição dos órgãos de fiscalização para qualquer esclarecimento deste que acredita ter sido apenas um mal-entendido, mas, sobretudo reafirma a confiança na boa conduta do servidor cuja postura na vida pública e privada tem sido, até o momento, irrepreensível. Nesse sentido, a prefeitura aguarda serenamente que a própria justiça decida pela absolvição do mesmo tão pronto haja o esclarecimento dos fatos, e reforça o Absoluto zelo pelos recursos públicos do município”, Assessoria Prefeitura de Cruzeiro do Sul.

Na manhã desta sexta-feira (10), o advogado de defesa do secretário, Marcus Paulo Ciacci, confirmou o que a assessoria da prefeitura havia informado, ou seja, que Rodrigo estaria abastecendo seu veículo, para atender uma demanda da própria secretaria, tendo em vista que o veículo oficial operante estava em condições precárias, sendo inviável o cumprimento da agenda na zona rural.

Ainda de acordo com a defesa, o secretário permanece aguardando deliberação do judiciário, que irá passar por uma audiência de custódia, para analisar ou não a manutenção da prisão.

“O abastecimento da data de ontem foi plenamente justificado, esclarecido, não há o que temer, com relação se ele estava ou não desviando dinheiro público, pelo contrário, quem conhece o Rodrigo, quem acompanha a atual gestão do Rodrigo como secretário adjunto, sabe que o mesmo utiliza tudo o que tem em prol, em favor da secretaria, pra atender justamente aqueles mais necessitados da nossa região”, declarou o advogado de defesa.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS

AS ÚLTIMAS

top 10 mais lidas