Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Após decisão de Nunes Marques, Aparecida recebe fiéis para missas de Páscoa

Cerca de 150 pessoas já participaram da missa das 8h e o Santuário receberá até 1.000 fiéis (25% da ocupação máxima do local) em cada celebração

O Santuário Nacional de Aparecida, localizado em Aparecida (SP), está recebendo fiéis para as missas de Páscoa neste domingo (4).

Isso foi possível graças a uma decisão monocrática do ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), que liberou, na noite de sábado (3), celebrações religiosas presenciais em estados e municípios. 

A decisão do ministro se refere a um pedido ainda de março de 2020, da Associação Nacional de Juristas Evangélicos.

Com isso, cerca de 150 pessoas já participaram da missa das 8h, e o Santuário receberá até 1.000 fiéis (25% da ocupação máxima do local) em cada celebração. São permitidas duas pessoas por banco.

Ainda segundo a entidade, as missas obedecem todos os protocolos sanitários de prevenção contra Covid-19. As próximas missas de hoje acontecerão às 12h e às 18h.

As medidas sanitárias que devem ser adotadas por templos e igrejas, pela decisão do ministro, são: 

  • limitação de presença (no máximo, 25% da capacidade);
  • distanciamento social (com ocupação de forma espaçada entre os assentos e modo alternado entre as fileiras de cadeiras ou bancos), observância de que o espaço seja arejado (com janelas e portas abertas, sempre que possível);
  • obrigatoriedade quanto ao uso de máscaras;
  • disponibilização de álcool em gel nas entradas dos templos;
  • aferição de temperatura, fixadas estas como balizas mínimas, recomendando-se também outras medidas profiláticas editadas pelo Ministério da Saúde; sem prejuízo da possível e gradativa mitigação das restrições pelo Poder Executivo, conforme haja evolução positiva no
    tratamento e combate à pandemia.

Via-CNN

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas