Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Após 27 dias internado com covid-19, paciente comemora alta com cerveja

Após quase 1 mês internado com covid-19, um paciente surpreendeu ao fazer um pedido inusitado para comemorar a alta.

_________________Publicidade_________________

Após quase 1 mês internado com covid-19, um paciente surpreendeu ao fazer um pedido inusitado para comemorar a alta: Eduardo Banke, de 61 anos, quis tomar uma cerveja na despedida do leito.

Morador de Blumenau, cidade catarinense conhecida como a Capital Brasileira da Cerveja, o homem teve o desejo atendido com uma condição: que tomasse a versão não alcoólica da bebida.

O momento foi registrado com bom humor, após Eduardo chegar a ficar na UTI por complicações da doença.

Para que o desejo se tornasse realidade, uma equipe multidisciplinar do Hospital Santo Antônio, de Blumenau, precisou examinar a situação.

De acordo a fonoaudióloga Júlia Schiphorst, é comum que os pacientes apresentem disfagia após o período de intubação, uma alteração no processo da deglutição que pode resultar em aspiração traqueal, quando a comida acaba indo para o pulmão.

Por isso, antes de assinar a alta, é necessário avaliar se o paciente pode ingerir alimentos e líquidos sem maiores problemas.

“Logo que ele soube que eu ia fazer avaliação, para verificar a possibilidade de liberar dieta via oral, ele já solicitou a cerveja”, contou a profissional .

De acordo com ela, é comum que pacientes que estão em processo de receber alta peçam comidas diferentes ou mais elaboradas, como pizzas e hambúrgueres, mas a cerveja foi uma demanda inédita.

Diante da vontade do paciente, os funcionários da unidade hospitalar se organizaram e, na hora do intervalo, compraram a bebida sem álcool.

Para comemorar os primeiros goles da cerveja, Eduardo disse a frase em alemão “Es ist sehr lecker”, que significa “essa é muito gostosa”, fazendo toda a equipe presente rir da empolgação dele.

Ele ganhou alta ontem, após ficar 27 dias internado no Hospital Santo Antônio. Segundo a instituição, o paciente estava alegre e eufórico por estar indo para casa rever a família.

Via-UOL

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas