Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Após 13 dias internada, mãe de dois prefeitos no AC morre com Covid-19 à espera de leito de UTI: ‘guerreira’

Após 13 dias internada com Covid-19, a idosa Maria Deusa Taumaturgo Sá, de 73 anos, morreu na manhã desta quarta-feira (17) à espera de um leito de UTI em Rio Branco. Maria era mãe dos prefeitos Tanízio Sá, de Manoel Urbano, e Tamir Sá, de Santa Rosa do Purus, cidades do interior do estado.

Os dois gestores também foram infectados pela doença e se recuperam em casa. A saúde do Acre entrou em colapso e não há vagas disponíveis nos hospitais de Rio Branco, nem na rede pública nem na privada.  Há 11 pacientes na fila à espera de uma vaga na UTI e 4 à espera de um leito de enfermaria.

A idosa estava intubada há oito dias em um hospital particular na capital acreana. Ela morava em Manoel Urbano, era hipertensa e tinha 11 filhos. O prefeito Tanízio Sá disse que Maria Deusa não saía de casa há mais de um ano, para evitar ser contaminada com a doença. Ele disse que não sabe como a mãe se contaminou.

“Deixou 11 filhos, era ativa, cuidava de todo mundo. Os médicos intubaram ela e falaram que teria uns três dias, corremos atrás, ligamos até para o governador, mas não conseguimos o leito. Não tinha outras comorbidades, cuidava de três netos ainda”, lamentou.

Prefeito de Manoel Urbano fala da perda da mãe que morreu à espera de um leito de UTI

Prefeito de Manoel Urbano fala da perda da mãe que morreu à espera de um leito de UTI

Em um vídeo, enviado à Rede Amazônica Acre, o gestor agradeceu as mensagens de carinho e condolências. Ele acrescentou que tenta juntar forças para resistir a dor e o sofrimento do momento.

“Não conseguimos UTI, não quero culpar ninguém, mas estou muito triste com a situação do nosso estado de calamidade pública. Lamentamos muito a perda da nossa mãe, era uma guerreira, criou 11 filhos e todos trabalham de forma digna para servir nosso estado. Nos ensinou de maneira correta, séria e tentamos passar isso para nossos filhos e netos também. Lamento muito ela não ter tido a chance de viver mais, tinha como viver mais tempo, era saudável”, disse emocionado.

Idosa morreu quando filho saiu do hospital

O outro filho de Maria Deusa, Tamir Sá, contou que estava há três dias internado tratando uma pneumonia e a Covid-19 e recebeu alta nesta quarta, quando foi avisado da morte da mãe. Abalado, o prefeito de Santa Rosa do Purus explicou que conversou com a mãe há uma semana.

“Tive pneumonia também e saí hoje do hospital. Estou me recuperando bem, tomando os remédios. Avisaram no grupo de irmãos que temos, contaram e, claro, isso abala muito mais a gente. Vi ela há uma semana, acompanhei, estava bem. Falei com ela, estava consciente e falou que logo iria para casa”, relembrou.

O corpo de Maria Deusa Sá vai ser levado para o enterro em Manoel Urbano ainda nesta quarta.

Via- G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas