25 de maio de 2022   |   04:20  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Alta de combustíveis e motoristas clandestinos prejudicam serviço de taxistas e motoristas de APP na região

Impactados pela oferta limitada frente à demanda mundial por energia, em Cruzeiro do Sul atualmente a gasolina comum custa R$7,77

_________________Publicidade_________________

O preço da gasolina subiu pela segunda semana seguida e atingiu um novo recorde nos postos de combustíveis. É o que mostra os dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A disparada ocorre em meio a forte alta nos preços internacionais no petróleo, após a Rússia ter invadido a Ucrânia. Impactados pela oferta limitada frente à demanda mundial por energia, em Cruzeiro do Sul atualmente a gasolina comum custa R$7,77 e o diesel comum, R$7,90. Isso tem gerado prejuízos a taxistas, motoristas de aplicativo e de transporte escolar.

O problema não é apenas o alto preço dos combustíveis enfrentado pelos taxistas de Cruzeiro do Sul. As peças dos veículos também estão muito caras. Existe ainda a concorrência ilegal. Isso tudo tem levado alguns motoristas a pensarem em desistir da profissão.

“A gente pensa todo dia em desistir por conta do preço alto do combustível. Sem conta que tem a pirataria que, de forma direta, concorre conosco, que pagamos impostos para circular. E há uma maioria de motoristas que consideramos “piratas”. Porque quem não trabalha como taxi legal ou com aplicativo é considerado “pirata” por nossa classe”, desabafa um motorista.

“O preço do combustível vem aumentando muito e realmente está complicado. Acabamos repassando esses custos ao passageiro, que cada vez menos tem usado nossos serviços”, disse outro taxista, Francisco Evandir.

Toda essa situação acarreta na diminuição de passageiros. Taxistas afirmam que a concorrência ilegal tem complicado o trabalho da classe. Carlos Dantas, motorista de transporte escolar, afirma que além do preço do diesel – que beira 8 reais o litro – muitos transportes irregulares também vêm dificultado o sustento final.

O Vice-presidente dos Taxistas, Adriano Santos, destaca que já participou de reuniões, inclusive no Rio de Janeiro, com políticos do Acre, mas sem sucesso: “Na época, tivemos 2 audiências com a ANP e a BR Distribuidora, e segundo eles, a alta dos preços na região se deve à logística e do transporte dos combustíveis ao estado. Que quando uma nova distribuidora da Petrobrás na região fosse implantada, os preços iriam baixar, porém o preço dobrou de lá pra cá”.

Os aplicativos da região têm ofertado viagens mais em conta na cidade. Um motorista que trabalha por esse meio disse que uma viagem de 20 reais chega a custar até 5 reais mais barato por meio do app. No entanto, ainda há uma grande falta de adesão da população a esses aplicativos.

Francisco Fábio, secretário municipal de trânsito de Cruzeiro do Sul, disse que semanalmente é feito uma ação para coibir a prática de transporte ilegal. Ele lembra que multa a esses infratores pode chegar no mínimo a 800 reais e que o veículo pode ser removido ao pátio do DETRAN.

Redação Juruá Online

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS