Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Agentes comunitários de saúde e de endemias reivindicam reajuste de salários e adicional de insalubridade

O agente comunitário de saúde tem como atribuição o exercício de atividade de prevenção de doenças e de promoção da saúde por meio de ações domiciliares ou comunitárias, individuais ou coletivas.

Já o agente de combate de endemias, atua em atividades de vigilância, prevenção e controle de doenças. Ambos lutam por reajuste salarial e insalubridade à vários meses junto a nova gestão do município de Cruzeiro do Sul.

E após uma reunião realizada na última terça-feira com representantes da classe e prefeitura, a incerteza ainda continua.

Segundo Jairo de Souza representante do Sindicato, em janeiro eles encaminharam as pautas para a secretaria e Prefeitura de Cruzeiro do Sul. “Essas pautas seriam o reajuste do piso salarial a nível nacional e a insalubridade que é tão sonhada por trabalhadores ”.

O secretário Municipal de Saúde Agnaldo Lima destacou que a valorização desses servidores através do piso salarial nacional está em andamento. “Houve uma reunião com os três sindicatos da saúde, incluindo Sintesac, sendo representado pelo presidente e o departamento jurídico, que é uma determinação do prefeito Zequinha Lima, reunir e dialogar com as classes sindicais para que possamos encontrar uma alternativa e o melhor caminho.”

Ainda segundo o secretário, seria necessário que a secretaria de finanças do município fizesse um levantamento sobre esse aumento que é justo dos agentes.

A previsão é que na próxima semana os agentes tenham uma resposta favorável .

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas