Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Agências da Caixa em Rio Branco registram filas no 1º dia de pagamento do Auxílio Brasil

_________________Publicidade_________________

O governo federal começa a pagar nesta quarta-feira (17) o Auxílio Brasil – programa que substitui o Bolsa Família. No Acre, agências da Caixa Econômica amanheceram com filas.

O Auxílio Brasil é pago a beneficiários que já recebiam o Bolsa Família e tem o número de inscrição social (NIS) com final 1, nesta quarta-feira (17). Quem tem NIS terminado em outros dígitos receberá ao longo dos próximos dias (confira calendário mais abaixo).

Também a partir desta quarta-feira, os nascidos em outubro e que estão fora do Bolsa Família podem sacar a última parcela do Auxílio Emergencial. Os pagamentos desse auxílio a todos os públicos terminaram no último dia 31, mas os saques acontece agora em novembro.

No Acre, as mais de 90,8 mil famílias que recebiam o Bolsa Família no estado do Acre devem migrar para o Auxílio Brasil. Esse número pode ser ainda maior, com a inclusão de outros inscritos no CadÚnico.

Conforme a coordenadora, Lidiane Moreno, mais de 141,9 mil famílias em situação de vulnerabilidade social estão inscritas no Cadastro Único. Ao todo no estado, 90.888 famílias recebiam o Bolsa Família. No Acre, 48.286 famílias estão com cadastros desatualizados há mais de dois anos.

“As famílias que recebiam Bolsa Família, automaticamente já passaram a receber o Auxílio Brasil, ou seja, elas não precisam procurar um dos Centros de Referência de Assistência Social [Cras]. Já aqueles que estão com mais de dois anos com cadastro desatualizados, devem ir até uma das unidades regularizar a situação”, afirmou Lidiane.

A última parcela do programa Bolsa Família foi paga em outubro, mas, segundo Lidiane, em novembro, esse mesmo grupo vai receber o novo auxílio.

Quem vai receber?

Neste mês de novembro, o Auxílio Brasil será pago a quem já era beneficiário do Bolsa Família – exceto aqueles que, ao longo do mês de outubro, tenham deixado de atender as regras do próprio bolsa. Serão cerca de 14,6 milhões de beneficiários.

Nesta quinta, recebem os beneficiários com número do NIS terminado em 1. Quem tem NIS terminado em outros dígitos receberá ao longo dos próximos dias – veja no calendário mais abaixo.

Quem ainda não recebia Bolsa Família, mas está inscrito no Cadastro Único e atende os requisitos do programa, poderá ser incluído nos próximos meses, mas não há garantias nem prazos. O Ministério da Cidadania promete adicionar mais 2,4 milhões de beneficiários em dezembro.

Quem ainda não está no CadÚnico precisa se inscrever para ser considerado para o programa. 

EM RESUMO:

  • Se já tinha o Bolsa Família: Auxílio Brasil será pago automaticamente este mês
  • Se está no CadÚnico, mas não recebia o Bolsa Família: vai para a lista de reserva, e pode receber o Auxílio Emergencial no futuro, caso se enquadre nas regras do programa
  • Se não está no CadÚnico: é preciso buscar um Cras para registro, sem garantia de receber

Calendário de pagamentos

O pagamento do Auxílio Brasil, assim como era com o Bolsa Família, será feito pelo dígito final do NIS dos beneficiários.

Calendário do Auxílio Brasil  — Foto: Economia g1

Calendário do Auxílio Brasil — Foto: Economia g1

Como saber se eu vou receber? E quanto?

A concessão e o valor do benefício poderão ser consultados:

  • Pelo telefone da Caixa
  • Pelo aplicativo do Auxílio Brasil

Telefone Caixa

Pelo telefone, o interessado deve:

  • Ligar para 0800 426 02 07
  • Digitar a opção 3 (Auxílio Brasil e demais programas)
  • Digitar a opção 4 (para saber se você foi incluído)
  • Digitar o número do CPF ou do NIS

Aplicativo Auxílio Brasil

O novo aplicativo substitui o antigo app do Bolsa Família. Quem já tinha o app do Bolsa deve apenas atualizá-lo para a nova versão, pela loja de aplicativos do próprio celular, caso a atualização não seja feita de forma automática.

  • Baixar o aplicativo

– clique aqui para instalar em celulares Android
– clique aqui para instalar em celulares Apple

  • Clicar em ‘consultar’
  • Acessar o app usando
    – a senha que já era usada no aplicativo do Bolsa Família, OU
    – a senha do Caixa TEM, OU
    – se cadastrar no aplicativo
  • Consultar o benefício

Como sacar?

Até a emissão de um novo cartão, os beneficiários poderão sacar o novo auxílio usando o cartão do Bolsa Família, da mesma forma que faziam com o antigo benefício.

Além disso, os benefícios serão pagos por meio das contas:

  • Poupança Social Digital (Caixa TEM, usada também para o pagamento do Auxílio Emergencial);
  • Conta Corrente de Depósito à vista;
  • Conta Especial de Depósito à vista; e
  • Conta Contábil (plataforma social do programa), usada apenas se o beneficiário não tiver nenhuma das anteriores.

Por G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas