Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Adolescente de 16 anos morre em hospital após levar tiro na cabeça e casa é incendiada no mesmo bairro em Sena Madureira

_________________Publicidade_________________

Crimes ocorreram nessa quarta-feira (7) no bairro Ana Vieira, em Sena Madureira. Delegado afirma que principal suspeita é que casos tenham ligação com guerra entre facções criminosas. Ninguém foi preso.

Nessa quarta-feira (7), Sena Madureira foi marcada por episódios criminosos. Na madrugada, o adolescente Taylon Silva dos Santos, de 16 anos, foi achado ferido com um tiro na cabeça no bairro Ana Vieira. Horas depois, uma casa no mesmo bairro foi incendiada.

O adolescente chegou a ser levado ao Pronto-socorro de Rio Branco às pressas por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu e morreu no hospital. A única informação sobre o caso até agora é que foi visto um carro passando próximo ao local, mas não se sabe quantas pessoas teriam participado da ação.

Por volta das 12h, o Corpo de Bombeiros foi acionado para atender a ocorrência do incêndio. A casa ficou completamente destruída pelas chamas. Ninguém ficou ferido na ação.

Casa foi incendiada no mesmo bairro horas após adolescente ser baleado — Foto: Arquivo/PC-AC

Casa foi incendiada no mesmo bairro horas após adolescente ser baleado — Foto: Arquivo/PC-AC

O delegado da cidade, Marcos Frank afirmou que, ao que tudo indica, os dois casos teriam ligação com guerra entre facções criminosas que atuam na região. Segundo ele, a casa que foi incendiada é a mesma onde um outro adolescente, de 17 anos, foi morto com um tiro no rosto no último dia 2. Ninguém foi preso suspeito de participação nos crimes.

“Foi encontrado um menor baleado na praça do bairro Ana Vieira com tiro na cabeça. A gente está investigando, mas ao que parece foi a guerra entre facções, porque ainda ontem também foi incendiada uma casa no mesmo bairro. Duas pessoas foram vistas com garrafa contendo gasolina e incendiaram a casa. E essa casa que eles incendiaram é da vítima que foi morta na semana passada. Os dois adolescentes tinham envolvimento criminoso com uma facção. Então, acredito que as duas mortes e o incêndio estão todos relacionados aos ataques da investigação”, disse o delegado.

G1 Acre

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas