Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Acusado de propaganda eleitoral antecipada, diretor do Iapen nega

_________________Publicidade_________________

O diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária (IAPEN), Arlenilson Cunha, estaria fazendo propaganda eleitoral antecipada, o que é proibido pela lei, por meio de suas ações à frente do órgão. A denúncia que circula em grupos de whatsapp aponta que a promoção com objetivo eleitoral estaria acontecendo em um grupo de whatsapp intitulado “Projeto AC 2022”.

Arlenilson Cunha foi candidato a deputado estadual pelo PDT nas últimas eleições, obtendo 2.252 votos, o que não foi suficiente para se eleger.

Nos prints enviados à reportagem aparecem cards de divulgação de Arlenilson em programas de televisão, sua agenda semanal e até uma publicação o parabenizando pela passagem do seu aniversário em nome dos servidores do IAPEN.

O diretor-presidente do IAPEN foi procurado pela reportagem sobre a denúncia de propaganda eleitoral antecipada. Arlenilson explicou que o grupo de whats foi criado em 2017 por uma outra pessoa. Conta ainda que alguém, sem seu conhecimento, renomeou o grupo trocando o ano 2017 para 2022, data das próximas eleições estaduais.
“Não fui eu que criei esse grupo. Posso provar que ele existe desde 2017. Eu nunca mexi nesse grupo. Os prints são de publicações de governo e da gestão, inclusive atendendo o príncipio da publicidade”, explica.

Em relação ao card o parabenizando, Arlenilson disse que pediu para que a imagem fosse retirada assim que viu. “Foi uma falha da assessoria. Era uma homenagem da minha equipe, mas assim que vi pedi para que a imagem fosse imediatamente retirada”, afirma.

Via-Ac 24 horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas