10 de agosto de 2022   |   11:54  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Acreano pedala mais de 4 mil km em 43 dias e completa desafios de bike até Rio de Janeiro

Foram exatos 43 dias de pedal e 4.191 mil km percorridos. O ciclista acreano Reginaldo Dantas, 45 anos, completou na tarde desse sábado (25), o desafio sobre duas rodas de Rio Branco (AC) até o Rio de Janeiro (RJ) denominada ‘FLAMARZICO’.

_________________Publicidade_________________

Reginaldo Dantas, 45 anos, chega na Cidade Maravilhosa após quase um mês e meio de pedal e 4.191 mil km percorridos. Ciclista assistiu Flamengo no Maracanã e quer conhecer o mar e Zico

Foram exatos 43 dias de pedal e 4.191 mil km percorridos. O ciclista acreano Reginaldo Dantas, 45 anos, completou na tarde desse sábado (25), o desafio sobre duas rodas de Rio Branco (AC) até o Rio de Janeiro (RJ) denominada ‘FLAMARZICO’.

Reginaldo Dantas chegou por volta das 16h (de Brasília) na Cidade Maravilhosa e foi direto para o portão principal do Maracanã, onde fica a estátua de Bellini. O ciclista conta que a chegada no Rio de Janeiro foi bem agitada.

— Minha chegada foi em frente ao Maracanã e foi uma chegada cheia de adrenalina porque não conheço nada da cidade. É uma cidade muito agitada (…) Cheguei pela Avenida Brasil, passei por debaixo da Linha Vermelha e cruzei por São Cristóvão, mas cheguei bem graças a Deus, cheguei cansado, mas muito feliz por ter completado essa aventura de sair do Acre e pedalar até o Rio de Janeiro — disse.

Um dia depois, Reginaldo Dantas foi assistir a vitória do Flamengo sobre o América-MG por 3 a 0 no Maracanã junto com mais de 40 mil torcedores. Esse era um dos sonhos do experiente ciclista acreano.

Reginaldo Dantas chegou no Rio de Janeiro e foi direto para frente do Maracanã — Foto: Arquivo pessoal/Reginaldo Dantas

— Acreano é pé quente, dei sorte. Esse jogo deu 42 mil pessoas. É uma coisa surreal do que a gente é acostumado em questão de futebol no Acre. Todo mundo cantando, todo muito vibrando, uma emoção. Na hora que o Flamengo entra em campo, eu caí nas lágrimas. Além de ser o time do coração, poder assistir ao vivo com a torcida cantando, apoiando. Fora do normal, muito emocionante. Conhecer o Maracanã pra mim foi um dos desejos e sonhos que foram realizados — destaca.

O ciclista conheceu nesse domingo (26), a sede social do Flamengo, onde também pôde acompanhar uma partida do time feminino sub-20.

A aventura ‘FLAMARZICO’ ainda não está completa. Reginaldo Dantas quer conhecer o mar e o maior ídolo da história do Rubro-Negro: Arthur Antunes Coimbra, o Zico.

O ciclista projeta ficar mais alguns dias na Cidade Maravilhosa para realizar os sonhos e depois planejar a volta para capital acreana.

Reginaldo Dantas começou o desafio no dia 6 de março, mas paralisou a aventura no fim do mês por causa de um problema familiar. Com o falecimento da tia dele, a dona Raimunda Ferreira Souza, 84 anos, o ciclista ficou 55 dias parado até recomeçar o desafio na cidade de Sonora (MS), onde havia deixado todos os pertences.

Reginaldo Dantas passou por mais de 100 cidade brasileiras até chegar na Cidade Maravilhosa. Ao todo foram 57 dias de aventura, já que alguns dias foram usados para conhecer os locais por onde passava.

Os pneus usados por ele no percurso furaram 23 vezes ao longo dos mais de 4 mil km percorridos. Ele rodou 97,5km em média por dia em uma velocidade média de 15,11 km/h. O maior percurso em um único dia foi de 152,1 km.

Por g1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS