8 de agosto de 2022   |   00:01  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Acre registra mais de mil novos casos de Covid nesta sexta (8); julho já tem 3.560 infectados pela doença

Apenas em julho, já são 3.560 novos casos da doença confirmados. Número é bem maior do que o registrado durante todo o mês de junho, quando foram 1.084 infectados. Comitê Especial de Enfrentamento à Covid-19 recomendou o retorno do uso de máscaras, mas governo ainda não acatou decisão.

_________________Publicidade_________________

O boletim da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) trouxe 1.028 novos casos de Covid-19 nesta sexta-feira (8). Apenas no mês de julho já são 3.560 infectados pela doença. O número de casos desde o início da pandemia é de 129.755 em todo o estado e o de óbitos 2.005.

A quantidade de exames de RT-PCR à espera de análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) é quatro.

O estado tem seis pessoas internadas nos hospitais de referência, das quais uma com resultado positivo para o novo coronavírus.

Desde junho, o estado tem registrado aumento no número de infectados. Porém, em sete dias, foram 2.532 novos casos da doença, o que já é mais do que todos os registros de junho, quando em 30 dias foram confirmados 1.084 casos novos.

Após o aumento expressivo no número de casos, o governo determinou que a UPA do 2º Distrito de Rio Branco tornou-se referência para casos de Covid e Síndromes Respiratórias Agudas Graves.

Quarta onda

Os especialistas já falam em quarta onda da doença. Inclusive, em reunião, na quarta-feira (6), o Comitê Especial de Enfrentamento à Covid-19 definiu a volta da obrigatoriedade do uso de máscaras em locais fechados no Acre, mas o governo do estado ainda não publicou nenhum decreto cumprindo a recomendação.

Além da pauta relacionada ao aumento expressivo no número de novos casos de Covid no estado, o Comitê também decidiu o retorno do uso de máscaras devido o aparecimento de casos de síndromes respiratórias, infecções hospitalares e monkeypox (varíola dos macacos), que também vão entrar na pauta de reuniões, a serem realizadas todas às quartas-feiras.

No final de junho, a Urap Maria Barroso, no Bairro Sobral, voltou a ser a unidade de referência para atendimentos específicos para estes casos. A determinação foi da Secretaria Municipal de Saúde e, com isso, foi estendido a atendimento que passa a ser de segunda a sábado, no período de 7h às 18h.

Recomendação para a Expoacre e Expojuruá

O Comitê de Acompanhamento Especial da covid-19 no estado definiu, em reunião extraordinária realizada nesta sexta (8), as medidas de prevenção que devem ser adotadas durante a Expoacre, Expojuruá, e no âmbito das escolas da rede estadual de educação.

A reunião contou com representantes da coordenação da Expoacre 2022, Ministério Público do Estado do Acre (MP-AC) e representantes do Conselho Estadual de Educação.

Gripe X Covid

A infectologista Cirley Lobato diz que nesse período no Acre outro problema é que os sintomas da Covid acabam se confundindo com os de gripe, que é sazonal, com a chegada do período de seca, aumento das queimadas e, com isso, de doenças respiratórias.

“Uma coisa interessante é que não sabemos quem vai evoluir para um quadro grave, sabemos que a vacina mudou a história natural da Covid, então, os quadros estão sendo mais leves, como sintomas gripais mesmo. A questão é se você tem o vírus e não toma estas medidas de proteção, mais pessoas vão ser contaminadas e se têm mais pessoas contaminadas, aumenta a probabilidade de casos graves”, explica.

Por g1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS