7 de agosto de 2022   |   14:30  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Acre registra mais de 15,4 mil casos de doenças diarreicas agudas; oito cidades estão em alerta

Paciente com doença diarreica aguda deve se hidratar. Assis Brasil, Brasileia, Acrelândia, Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Rodrigues Alves, Sena Madureira e Tarauacá receberam sinal de alerta da Saúde após aumento de casos de doenças diarreicas agudas.

_________________Publicidade_________________

Oito cidades do Acre estão em alerta com aumento de casos de diarreia. Dados do Departamento de Vigilância em Saúde do Acre mostram que, até a semana epidemiológica (SE) 27, último dia 9, o estado já havia notificado 15,4 mil casos de diarreia. Paciente com doença diarreica aguda deve se hidratar.

Na semana epidemiológica 26, do dia 26 de junho e 2 de julho, foram notificados 679 casos de doenças diarreicas agudas. Já na semana seguinte, entre os dias 3 a 9 de julho, foram 731 notificações.

Os municípios que receberam o sinal de alerta da Secretaria de Saúde Estadual (Sesacre) estão acima dos limite superior, de acordo com a série histórica dos últimos dez anos.

São eles:

  • Assis Brasil
  • Brasileia
  • Acrelândia
  • Cruzeiro do Sul
  • Mâncio Lima
  • Rodrigues Alves
  • Sena Madureira
  • Tarauacá

No dia 13 de junho, a Sesacre ativou a Sala de Situação das Doenças Diarreicas Agudas e Síndromes Respiratórias Agudas Graves. O intuito é monitorar e enviar informações sobre os casos para as equipe de saúde e também para população.

Ainda conforme o levantamento, os casos de diarreia aumentaram em 32,6% entre a semana epidemiológica 27 do ano passado e o mesmo período deste ano. Até o dia 9 de julho de 2021, as notificações eram 10.420 e esse ano subiram para 15.454.

“Além dos alertas para municípios que estão com notificações acima do limite superior, também alertamos os municípios que estão com baixa notificação, como é o caso de Bujari (2 notificações) e Porto Acre (1 notificação) na SE 27. O alerta é para verificar se o número condiz com a realidade dos municípios ou se estamos tendo subnotificação”, explicou a responsável pelo Núcleo de Doenças de Veiculação Hídrica, Débora dos Santos.

Sintomas das doenças diarreicas agudas

  • Cólicas abdominais
  • Dor abdominal
  • Febre
  • Sangue ou muco nas fezes
  • Náuses
  • Vômitos

Casos em 2021

Em 2021, o Acre ficou em estado de alerta por casusa de um surto de diarreia em 11 município. Os casos começaram a aumentar a partir de 25 de julho, na semana epidemiológica 30 e o estado entrou em surto a partir da semana 32.

Com a situação crítica, a Sesacre chegou a montar, na época, uma sala de situação para monitorar os casos. Uma equipe da Saúde foi até a regional do Juruá avaliar o aumento expressivo de casos, principalmente nos municípios de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves.

Além disso, a Saúde também investigou duas mortes supostamente causadas pela diarreia. Os casos foram registrados em duas crianças nas cidades de Feijó e Tarauacá, no interior.

Com informações via g1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS