Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Acre registra 18 mortes violentas no mês de abril e totaliza 80 casos em 2021

_________________Publicidade_________________

Em abril, todas as mortes violetas foram de homicídio doloso. Não houve registro de feminicídio, latrocínios ou pessoas mortas durante ação policial no estado.

O Acre registrou 18 mortes violentas no mês de abril deste ano, segundo levantamento do Monitor da Violência, criado pelo G1 com base nos dados oficiais da Segurança Pública do Estado.

Conforme os dados, todas os casos se tratam de vítimas de homicídio doloso. Não houve registro de feminicídio, latrocínios ou pessoas mortas durante ação policial no estado.

De janeiro até abril, o estado registrou um total de 80 mortes violentas. Apesar de alto, o número é 27% menor que o registrado no mesmo período no ano passado, quando foram contabilizados 109 casos.

No mês de janeiro deste ano foram registradas 17 mortes violentas, o mesmo número também em fevereiro, já em março foram 28 casos. Em abril do ano passado foram contabilizadas 26 mortes violentas.

Um das mortes foi do preso monitorado Angel Monteiro Garcia na recepção de um hotel — Foto: Reprodução

Um das mortes foi do preso monitorado Angel Monteiro Garcia na recepção de um hotel — Foto: Reprodução

Relembre alguns dos casos

Um dos casos de morte violenta registrado no mês de abril foi do jovem Gilvani Nascimento da Silva, de 19 anos, que foi morto a tiros no dia 6, no Ramal Polo Benfica, no bairro Belo Jardim, em Rio Branco. A vítima conversava com amigos sentada em uma cadeira em frente de um comércio quando um carro parou, um homem desceu armado e tirou.

Silva ainda correu para um quintal ao lado, mas foi atingido nas costas e morreu no local. O criminoso entrou no carro novamente e fugiu antes da chegada da polícia.

Outro caso foi do pastor e colono Raimundo de Araújo Costa, de 62 anos, que foi assassinado com um tiro ao ter a propriedade invadida no dia 9, na Estrada Transacreana, Rodovia AC-90 no km 70, zona rural de Rio Branco. Os suspeitos do homicídio teriam praticado um arrastão e roubado diversos moradores na rodovia.

Uma filha do colono, que pediu para não ter o nome divulgado, contou que os bandidos entraram na propriedade de Costa entre 18h30 e 19h. O pastor estava do lado de fora da casa e foi baleado. Ao perceber a ação dos bandidos, um dos filhos do colono fugiu para a mata e a mãe e a mulher dele ficaram trancadas dentro de casa.

No dia 20, o jovem Luiz Antônio Saraiva Pereira, de 19 anos, foi executado a tiros dentro de casa, no Ramal Bom Jesus, bairro Vila Acre. Segundo a polícia, a mãe do rapaz assistiu todo o crime.

Um outro caso é do preso monitorado Angel Monteiro Garcia, de 33 anos, que foi executado com vários tiros no dia 28 na recepção de um hotel na Rua Coronel Juvêncio de Menezes, no Centro de Tarauacá, no interior do Acre.

O crime ocorreu por volta das 19h e imagens das câmeras de segurança do hotel flagraram toda a ação. No vídeo, que circulou nas redes sociais, é possível ver a vítima conversando com um homem na recepção do local quando dois homens surgem pelo corredor e um deles logo saca a arma e dispara contra Garcia, que cai.

G1 ACRE

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas