Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Acre evolui,mas segue entre os piores em liberdade econômica

_________________Publicidade_________________

O Acre segue entre os piores Estados no Índice Mackenzie de Liberdade Econômica Estadual, elaborado pelo Centro Mackenzie de Liberdade Econômica. A economia acreana é a 22ª no ranking, recebendo nota 7,15 e ganhando apenas do Amazonas, Rio Grande do Sul, Piauí e Maranhão.

O IMLEE é produzindo baseando-se em metodologia do Fraser Institute do Canadá. As bases de dados se referem ao ano de 2018.

Vale observar que apesar de manter-se entre os piores há alguns anos, o Acre tem crescido em sua avaliação, saindo de nota 4,29 em 2015 para a atual 7,15. A evolução em termos percentuais é de 26,6%.

Roraima figura em 1º lugar no indicador, com 8,92, e São Paulo com 8,45 pontos. O índice varia de zero (menos liberdade) a dez (mais liberdade) e é uma medida relativa de desempenho dos estados. Apesar de citar o distrito federal na apresentação do estudo, não há a nota da capital do Brasil na avaliação.

Dos três grandes eixos avaliadores, o Acre se sai muito mal em ´Regulamentação e liberdade nos mercados estaduais de trabalho´.

No relatório de 2020 (dados de 2018), o estado de São Paulo continua figurando como um dos que detém maior liberdade econômica, juntamente com Espírito Santo, Pará, Roraima e Rondônia. É interessante notar que o estado com melhor posicionamento no ranking, Roraima, atingiu nota 8,92 – ou seja, bastante elevada em termos da série histórica.

Via-Ac 24 horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas