3 de julho de 2022   |   07:07  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Acre deve receber do governo federal mais de R$ 48,5 milhões de recursos de leilões do pré-sal; Cruzeiro do Sul irá receber R$ 470.828,77

O repasse foi anunciado na sexta-feira (20), aos estados e municípios.

_________________Publicidade_________________

 Foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil

Redação Juruá Notícias

Até a próxima semana, o governo federal deve liberar para o Acre, um montante no valor de R$ 48.551.799,30, relativo à arrecadação dos bônus de assinatura do leilão dos excedentes da cessão onerosa dos campos de Sépia e Atapu, no Pré-Sal.

O repasse foi anunciado nessa sexta-feira (20), aos estados e municípios, totalizando cerca de R$ 7,7 bilhões.

A Agência Nacional de Petróleo (ANP), foi a responsável por realizar o leilão, para exploração de petróleo e gás natural, chegando a render bônus de assinatura total de R$ 11,1 bilhões e investimentos previstos em quase R$ 204 bilhões.

Os repasses foram combinados em duas parcelas, sendo uma já efetuada na sexta-feira (20) e a outra ficando para a próxima terça-feira (24).

Distribuição dos recursos por municípios acreanos:

MunicípioValor a ser recebido
AcrelândiaR$ 158.136,72
Assis BrasilR$ 97.351,92
BrasiléiaR$ 232.260,53
BujariR$ 127.896,32
CapixabaR$ 127.474,27
Cruzeiro do SulR$ 470.828,77
EpitaciolândiaR$ 192.776,17
FeijóR$ 255.618,70
JordãoR$ 97.194,24
Mâncio LimaR$ 190.739,50
Manoel UrbanoR$ 97.548,63
Marechal ThaumaturgoR$ 182.258,24
Plácido de CastroR$ 196.111,74
Porto AcreR$ 188.587,23
Porto WalterR$ 127.862,98
Rio BrancoR$ 5.982.959,77
Rodrigues AlvesR$ 188.618,63
Santa Rosa do PurusR$ 91.129,12
Sena MadureiraR$ 322.032,91
Senador GuiomardR$ 197.889,92
TarauacáR$ 288.168,63
XapuriR$ 195.155,35
Fonte: Governo Federal

Segundo informações do governo federal, esse foi o 2º maior leilão de petróleo e gás do mundo, ficando atrás apenas do realizado no ano de 2019 (campos de Búzios e Itapu).

Os Estados devem usar esse dinheiro para custear despesas previdenciárias, enquanto os municípios podem escolher entre despesas previdenciárias e investimentos.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS