24 de maio de 2022   |   10:01  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Acidente aéreo no AC; Mecânico aguarda transferência e corre risco de perder movimento das pernas

O paciente segue internado no Hospital do Juruá. Ainda segundo a direção da unidade hospitalar, por agravo do quadro clínico, a transferência do sobrevivente para o Pronto Socorro de Rio Branco já foi encaminhada.

_________________Publicidade_________________

De acordo com informações da direção do Hospital do Juruá, a transferência do paciente foi solicitada por Tratamento Fora de Domicílio (TFD) para o PS de Rio Branco já nesta nesta terça-feira (10). O mecânico é a última vítima do acidente aéreo a ser resgatada na segunda-feira (9), nas proximidades do Rio Croa, em Cruzeiro do Sul.

Leia Mais: Último sobrevivente de acidente aéreo é resgatado pelo Ciopaer e Corpo de Bombeiros; ASSISTA.

O paciente segue internado no Hospital do Juruá. Ainda segundo a direção da unidade hospitalar, por agravo do quadro clínico, a transferência do sobrevivente para o Pronto Socorro de Rio Branco já foi encaminhada.

Mecânico que sobreviveu a acidente aéreo no AC aguarda transferência para capital — Foto: Arquivo.

O diretor clínico, Elcimar dos Reis, afirmou que o mecânico fraturou a segunda vértebra lombar, sendo este o motivo para o quadro do paciente ser delicado e necessitar de uma neurocirurgia.

O paciente chegou por volta das 19h da segunda-feira (9), e continua internado na enfermaria. Com um quadro clínico delicado, deve ser operado pela neurocirurgia para não lesionar os nervos.

O diretor da unidade hospitalar declarou que o paciente segue acordado, sente os membros inferiores, com uma mudança na sensibilidade, mas existe o risco de o mesmo perder os movimentos das pernas.

RESUMO DO OCORRIDO

Na tarde do último domingo (8), por volta de 14:30h, as autoridades foram notificadas que um helicóptero a serviço do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI), órgão ligado ao Ministério da Saúde, realizou um pouso forçado e caiu numa região de mata fechada a cerca de 3,6km do Rio Crôa, a 20 km de Cruzeiro do Sul. O episódio ocorreu quando a aeronave voltava do resgate de duas crianças indígenas com pneumonia, da aldeia Kulina, nas proximidades de Feijó, no Alto Rio Envira.

Leia Mais: Acidente aéreo no Crôa: O que se sabe da queda do helicóptero até o momento.

Leia Mais: Último sobrevivente de acidente aéreo é resgatado pelo Ciopaer e Corpo de Bombeiros; ASSISTA.

Piloto, mecânico, técnico de enfermagem, pai, mãe e seus dois filhos (gêmeas de 1 ano e 4 meses cada) estavam à bordo da aeronave, totalizando 7 tripulantes. Todos sobreviveram. 

O piloto e o técnico de enfermagem conseguiram caminhar por 3,6 quilômetros até chegar a casas de ribeirinhos, no Rio Croa, onde pediram ajuda e foram levados de barco até a BR-364, a cerca de 20 quilômetros de Cruzeiro do Sul. Em seguida, foram transportados por um taxista até o Hospital do Juruá em Cruzeiro do Sul.

Com a localização, uma equipe do Corpo de Bombeiros seguiu para o local da queda, e fez o resgate dos demais ocupantes ainda na madrugada de segunda-feira (8), com exceção do mecânico, que com fortes dores na lombar, não conseguia caminhar. Ele foi resgatado hoje às 14h.

Redação Juruá Online

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS