22 de maio de 2022   |   13:09  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Açaí do Acre vai parar nas pirâmides do Egito durante o show do Maroon 5

_________________Publicidade_________________

A Tropicool, marca premium de açaí criada por brasileiros em sociedade com integrantes da família real do Qatar, fez sua estreia no Egito na última noite, numa ação promocional para clientes VIP do show do Maroon 5 nas pirâmides do Planalto de Gizé.

Show da banda Marron 5 nas pirâmides. Foto: Reprodução

Conhecida no Brasil por um público igualmente seleto — frequentadores de locais como o condomínio Praia da Grama ou o hotel Emiliano —, a Tropicool estreou em Dubai, onde já tem 5 lojas próprias, há cerca de dois anos. Hoje a marca está presente também na Austrália, México e no próprio Qatar.

A Tropicool foi concebida na cafeteria da Harvard Business School, onde os irmãos Moe Al Thani e Ahmed Al Thani, integrantes da família real do Qatar, conheceram os brasileiros Caio Nabuco e Maurício Esteves. Alpinista apaixonado pelo fruto amazônico, Moe tinha planos de levar o produto para o Oriente Médio, mas enfrentava dificuldades com a importação do alimento congelado.

A solução desenvolvida com os sócios brasileiros foi uma polpa envasada em caixas Tetrapak, com tempo de prateleira de 12 meses sem necessidade de congelamento.

A polpa é produzida com ingredientes 100% naturais e orgânicos, dentro de conceitos de comércio justo e sustentável. A cada dez litros vendidos, a empresa doa uma muda de açaízeiro para comunidades locais dentro de um programa de manejo da SOS Mata Atlântica no Acre.

A produção é feita em uma fábrica terceirizada em Minas Gerais. — Já estamos estudando alugar mais turnos em plantas terceirizadas no Ceará e em São Paulo — diz Rafael do Prado Ribeiro, diretor global da marca. A empresa não revela números de faturamento nem investimentos.

A Tropicool tem hoje no food service seu principal negócio. A empresa fornece máquinas como as de frozen yogurt em comodato para hoteis, bares e clubes e vende o produto consumível. (Em um clube de Dubai, a polpa ganhou novos usos: virou ingrediente para drinks alcoólicos.)

Além do açaí, a Tropicool também envasa polpa de manga. E está testando outras frutas, como cupuaçu, côco e goiaba.

Franquia

No segundo semestre, a Tropicool estreia um modelo de franquia nos EUA e no Oriente Médio, com expectativa de abrir 20 pontos de venda até o fim do ano. Para 2023, o plano é alcançar de 50 a 70 franquias.

Segundo Rafael, não está nos planos trazer o modelo de franquia para o Brasil, ao menos não no curto prazo. — O Brasil é um mercado de teste de conceito. Queremos estar em pontos estratégicos e manter algumas lojas próprias — diz. A primeira foi aberta em um espaço de quadras de beach tennis no Itaim. Dentro de três meses deve ser aberta uma segunda unidade, nos Jardins.

Com a Copa do Mundo em vista, o Qatar também deve ganhar uma loja própria até o fim do ano.

Com informações O Globo.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS