Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

AC recebe mais 22 mil doses de vacina contra Covid-19 e reserva mil doses para profissionais de Segurança

Vacinas chegaram ao Acre na tarde desta quinta-feira (1º) em um voo comercial. Do total de doses, 20 mil são da Coronavac e outras 2 mil da Astrazeneca.

O estado acreano recebeu, na tarde desta quinta-feira (1º), mais 22 mil doses de vacinas contra a Covid-19 para imunizar a população. Desse total, mil doses vão ser separadas para vacinar os profissionais da Segurança Pública. O 11º lote do imunizante chegou um voo comercial no aeroporto de Rio Branco.

Conforme o governo do estado, ao todo são 20 mil doses da Coronavac, distribuída e produzida pelo Instituto Butantan, e outras 2 mil da Oxford-Astrazeneca.

O Núcleo do Programa Nacional de Imunização (PNI) informou que 21 mil doses são destinadas para a segunda dose de imunização em idosos e trabalhadores da saúde.

A inclusão dos servidores da Segurança e salvamento na vacinação ocorre após um pedido do governador, Gladson Cameli, feito ao Ministério da Saúde, nesta semana, que deu o aval para que este grupo e o da Educação sejam tenham a imunização antecipada.

Das 22 mil doses do imunizante, mil vão ser destinadas para os profissionais da segurança e salvamento do Acre — Foto: Diego Gurgel/Secom

Das 22 mil doses do imunizante, mil vão ser destinadas para os profissionais da segurança e salvamento do Acre — Foto: Diego Gurgel/Secom

Vacina russa e da Johnson & Johnson

O último lote da vacina tinha chegado ao estado no último sábado(27), com 7.620 doses da Coronavac, distribuída e produzida pelo Instituto Butantan, e outras 1.400 da Oxford-Astrazeneca.

Mais doses de vacinas contra a Covid-19 devem chegar ao Acre. O governador Gladson Cameli assinou, no último dia 22, o contrato para a compra de 700 mil doses da vacina ‘Sputnik V’, produzida na Rússia. O contrato é no valor de R$ 40 milhões e a compra é feita por meio do consórcio dos governadores do Nordeste e Fundo Soberano Russo. As doses devem chegar em abril.

O prefeito de Rio Branco, que também é presidente da Associação dos Municípios do Acre (Amac), Tião Bocalom, assinou uma carta de intenção para a compra das doses de vacinas da Johnson & Johnson, para a população rio-branquense e demais municípios do Acre, no dia 27 de março.

O prefeito requisitou 200 mil doses da vacina, sendo que 100 mil doses serão para o município de Rio Branco e as outras 100 mil serão divididas de acordo com a solicitação que cada prefeito fez para o seu município.

Vacinação no Acre

De acordo com informações disponíveis no Portal de Transparência, o Acre recebeu 132.520 vacinas contra a Covid-19. Até esta quinta (1º), foram aplicadas 58.970 doses, sendo 47.044 referentes à primeira dose e 11.926 da segunda dose. Ainda segundo o portal, a capital, Rio Branco, aplicou 25.259 doses e Cruzeiro do Sul, segunda maior cidade do Acre, 8.278 doses.

Segundo o governo, o número de doses aplicadas que constam no portal refere-se aos dados já inseridos no sistema do Ministério da Saúde, cujas atualizações são realizadas pelos municípios. Por isso, pode haver atraso nas informações.

Pandemia e colapso no Acre

O Acre confirmou nessa quarta-feira (31)  mais nove mortes pela Covid-19 e outros 554 casos de infecção pelo novo Coronavírus. Com isso, o total de óbitos subiu para 1.262 e o de infectados saiu de 69.103 para 69.657. Os hospitais atingiram a capacidade máxima no estado e 14 pessoas aguardam na fila à espera de um leito de UTI.

Dos 106 leitos de UTI nos hospitais da rede SUS disponibilizados no estado, 100 estão ocupados. A taxa de ocupação total atingiu 94%. Os leitos de UTI estão concentrados na capital, com 85 vagas, e Cruzeiro do Sul, com 26. Com o sistema de  saúde em colapso, o Acre precisou transferir pacientes para o estado do Amazonas.

Via-G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas